A busca pelo lucro


Lucro nada mais é do que o valor que sobra de qualquer transação que fazemos, após descontar todas as despesas (custos) que tivemos nessa transação.

Se vendo por 2 e a soma de meus custos é 1,5, meu lucro é de 0,5.

Aumentamos nosso patrimônio (riqueza) quando o lucro é maior do que a inflação. Inflação é a variação dos preços dos bens que adquirimos.

Para obter um lucro maior, basta aumentar o preço do bem que estamos negociando. Conforme esse preço vai aumentando, cresce também o risco da pessoa que irá comprar o bem desistir da compra ou escolher o bem de outra pessoa.

Portanto, quanto maior o lucro que queremos obter, maior o risco de não conseguir lucro algum.

É isso que norteia o capital de risco: é um valor que destinamos a negócios que podem retornar um grande lucro ou uma grande perda.

No final da última década acompanhamos um crescimento dos investimentos em Internet, mas os resultados obtidos foram poucos, ocorreram milhares de fracassos e algumas dezenas de acertos (Google, Amazon, etc.).

Quem investiu nesses negócios obteve lucros expressivos, em oposição a maioria dos investidores que optaram por outras empresas que não obtiveram o mesmo resultado.

Agora a vez é do mercado de energia, especialmente a renovável, que não agride o meio ambiente. Novamente há inúmeras pessoas investindo nesse mercado de risco em busca do Google da energia, ou seja, da empresa que irá trazer uma enorme lucratividade a quem apostou nela.

Essa é a visão que o economista americano Daniel Yergin, especialista em energia, têm do atual momento do mercado de energia, em entrevista à Veja em junho passado.

Provavelmente o momento de investir para obter enormes lucros nesse mercado já passou. É possível chegar á essa conclusão através da palestra de Maurizio Mauro na Endeavor.

Gráfico retirado da apresentação de Maurizio Mauro em palestra da Endeavor
O gráfico acima retrata a curva de retorno de uma inovação. Antigamente, o período de realização de lucros (recuperação do investimento), demorava mais tempo do que atualmente. Esse período é o momento da curva no sentido ascendente (crescente).

Apesar do pico de lucro estar a cada dia maior, o período destinado ao retorno do investimento está diminuindo. Essa mudança está revolucionando o investimento do capital de risco, pois o período para investir com sucesso é cada vez menor.

Portanto devemos acompanhar a luta no mercado de energia e seus reflexos em outros mercados, como o da agricultura. Porém, para obter grandes lucros, é melhor buscar o próximo mercado, aquele que estará nas manchetes nos próximos anos, e localizar, o Google, a Microsoft desse mercado.

Saiba +

Imagem: