Desafio 21 Dias: 7 – Erros 1


O sétimo desafio é comentar sobre os erros que cometemos no blog e correções.

A – Postagens irregulares

Antes de escrever analisei 8 posts de outros participantes do Desafio e notei que apenas dois não destacaram o problema de falta de tempo / preguiça para postar. Não posso negar que o maior erro que também cometo é postar de forma irregular, tem mês que os post´s são diários e em outros são quinzenais, ou mesmo 1 post por mês.

O fato de ser uma dificuldade comum não me exime de resolver a questão. Estou me esforçando para postar pelo menos 1 vez por semana e recentemente instalei um plugIn que me ajuda a organizar os posts com um calendário onde consigo visualizar tanto os posts agendados quanto os já publicados.

B – Interagir com outros blogs

Interajo pouco em outros blogs, costumo me justificar com a famosa falta de tempo, mas na realidade é falta de costume de comentar, o que é facilitado por eu utilizar o Google Reader para acompanhar os blogs: para comentar é necessário visitar o site e acabo não fazendo isso.

C – Porque você se leva tão a sério?

Tá, confesso que copiei esse erro do Fósforo, mas me identifiquei com a questão que ele levantou, de apagar posts ou manter eternamente em rascunho por não atingir a qualidade ou resultado esperado.

Claro que tenho o compromisso de ser preciso, especialmente nas questões sobre o Direito, mas não preciso levar os textos tão a sério e se errar ou me exceder, posso rever o texto.

A falta de inspiração também me preocupa, tenho dúvidas se devo só publicar posts que resultam de pesquisas (consigo produzir 1 por mês) ou devo publicar também posts mais simples, com dicas: ex: vejam essa matéria, etc. Mantenho os dois tipos de posts, mas é uma dúvida que me persegue.

  • Essa questão de ser exigente demais consigo mesmo é bem complexa mesmo… eu acho que às vezes perco a chance de publicar posts interessantes por achar q eles não estaria bons o suficiente ou apurados satisfatoriamente… tenho tentado atingir um meio-termo sobre isso…
    No fim das contas, acho que tudo o q acrescente algo para o nosso leitor, mesmo q seja pouco, vale a pena ser publicado…
    Abraço!